Testemunhos de participantes do Curso de Formação Especializada em Igualdade de Género

 

2ª Edição do Curso 

 

8765538609482416

A participação na 2ª Edição do Curso de Formação Especializada em Igualdade de Género foi muito proveitosa em termos pessoais e profissionais, não só pela qualidade dos/as formadores/as como também pelos conteúdos abordados. Trabalhar a Igualdade de Género e todas as questões que lhe estão inerentes requer um trabalho de reflexão e de conhecimento aprofundado sobre a história do feminismo, o que foi muito bem conseguido também com o contributo de todos/as os/as colegas, de diferentes áreas, que participaram no curso de formação.

Ana Guerreiro
Criminóloga e Investigadora na UMAR; Docente no ISMAI

 

IMG 4693 2

Quero felicitar o CIEG pela organização deste curso que superou as minhas expectativas. Foi muito estimulante refletir e repensar a temática da igualdade de género em várias vertentes, discutindo e questionando as problemáticas com um excelente corpo de docentes. Também o facto de ter conseguido articular o conhecimento adquirido com o trabalho que desempenho diariamente foi um fator de sucesso. Recomendo este curso, não só como uma mais-valia profissional, mas também pela solidez e seriedade do ensino, por despertar o sentido crítico e por fortalecer o ativismo na luta pela igualdade de direitos.

Joana Marteleira
Técnica da Comissão para a Cidadania e a Igualdade de Género- CIG

 

1ª Edição do Curso 

 

ac

O Curso de Formação Especializada em Igualdade de Género contribuiu para reforçar um conjunto de conhecimentos fundamentais para a minha intervenção enquanto Técnica do Centro de Cultura e Intervenção Feminista da UMAR. Do ponto de vista pessoal a certificação pelo ISCSP-IFOR valoriza bastante o meu currículo e enquanto activista é sempre importante aliar a formação/investigação à acção em prol da Igualdade de Género.

Ana Isabel Cansado
Técnica do Centro de Cultura e Intervenção Feminista da UMAR

 

jp

Enquanto técnico de um organismo público responsável pelas políticas de igualdade, já com 15 anos de experiência na área da igualdade, iniciei o curso do CIEG com poucas expetativas, pensando que não ia aprender (quase) nada de novo. Não podia estar mais enganado. Refletir e debater com este painel de docentes e discentes foi uma experiência muito gratificante e enriquecedora. A grande aprendizagem que levo comigo é a certeza de que não há realidade virtual nem biblioteca digital, que substitua a troca de experiências em meio académico. Por mim fazia um curso destes todos os anos. Obrigado ao CIEG.

João Paiva
Coordenador do Núcleo de Cidadania e Igualdade de Género da CIG - Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género

 

ETJ

Foi com grande satisfação que participei na 1ª Edição do Curso de Formação Especializada em Igualdade de Género, organizada pelo ISCSP-IFOR e com o apoio do Centro Interdisciplinar de Estudos de Género (CIEG).
Ao abordar um vasto leque de tópicos, desde a discriminação a violência contra o género, do tráfico a exploração sexual, do assédio sexual a valorização do trabalho, da mutilação genital feminina ao casamento precoce, da participação a liderança das mulheres em todos os níveis de tomada de decisão, entre outos temas; a 1ª Edição do Curso promoveu a compreensão e a discussão ampla destas temáticas, no contexto das distintas experiências dos participantes.
Representou assim, um instrumento importante para a consciencialização dos contributos que cada um pode oferecer individual e/ou institucionalmente no sentido da promoção e concretização dos objectivos da Agenda 2030 de Desenvolvimento Sustentável, visando uma sociedade mais justa e desenvolvida.
Um bem haja à academia – ISCSP pela iniciativa, à Senhora Professora Doutora Anália Torres, à Senhora Professora Doutora Dália Costa e às formandas e ao formando da 1ª Edição do Curso!

Edite Ten Jua
Ex-Ministra da Justiça,
Administração Pública e Assuntos Parlamentares da República Democrática de S. Tomé e Príncipe

 

CA

O curso foi muito interessante e pôs-me em contacto com novas questões no quadro da Igualdade de Género.
Proporcionou uma importante reflexão sobre diversas matérias e abriu caminho para novas investigações e procura de conhecimentos. Foi muito enriquecedor ao nível profissional e pessoal. Contribuiu de forma decisiva para novas abordagens com as equipas com que trabalho e com as pessoas com quem me relaciono.

Maria Amélia Pardal
Vereadora das Obras, Planeamento, Administração do Território, Desenvolvimento Económico e Arte Contemporânea da Câmara Municipal de Almada